Blindagem emocional

September 26, 2017

 

Quando estamos muito cansados, estressados ou mesmo frustrados e decepcionados com acontecimentos do dia-a-dia, fatalmente estamos com nossas emoções desprotegidas. É quando qualquer palavra vinda do outro vira um ataque ou um motivo para aborrecimentos diversos. Quando não “blindamos” nossas emoções ficamos vulneráveis a fazer tempestade em copo d’água e dar um peso gigante a coisas pequenas. Sem proteger o emocional facilmente nos magoamos ou tomamos para nós as dores que são dos outros.

 

Tenho pesquisado e trabalhado diariamente com o conceito de “Gerenciamento Emocional”, pois acredito que essa é a melhor maneira de não deixar que acontecimentos externos afetem nossa mente a tal ponto de tirar nosso equilíbrio. Aprender a gerenciar e dar a devida interpretação a cada fato e emoção é fundamental para viver nossa própria jornada sem sofrer por pessoas ou situações que não podemos mudar.

 

Quando criança aprendi uma pequena oração com minha mãe e que para mim se tornou um verdadeiro ensinamento de “Blindagem Emocional”. Toda manhã, ao acordar, ela me fazia repetir as seguintes palavras: “Senhor, peço que hoje feche os meus olhos para o que eu não preciso ver, tape meus ouvidos para o que não preciso ouvir e cerre a minha boca para o que não preciso falar”. Simples assim, mas de profundo significado. Hoje, passados muitos anos e com uma releitura dessas palavras, percebo o quanto elas têm conexão com a proteção das nossas emoções. É justamente disso que precisamos: nos blindar.

 

A evolução cada vez mais veloz da comunicação nos dá vez e voz de uma maneira que chega a assustar. Com tanta liberdade estamos perdendo a capacidade de refletir antes de nos comunicar. Ao sair falando, vendo e ouvindo (e postando) sem nenhum filtro ou seleção acabamos por absorver muito do que não é necessário para nosso equilíbrio.

 

Se não escolhemos a melhor maneira para nos comunicar com o mundo externo nos perdemos em nosso mundo interno. Preste atenção: quantas coisas você tem visto, ouvido e falado sem nenhuma real necessidade? O que você tem falado tem sido realmente relevante para você e para os que te ouvem? O que você se dedica a ver e ouvir, tanto pessoalmente quanto pela TV, impressos e, principalmente, pela internet tem realmente acrescentado coisas boas em sua vida? As respostas a estas perguntas dão o início para um redirecionamento da nossa atenção e ações.

 

Já diz o antigo ditado: “é preciso separar o joio do trigo”. Experimente fazer isso com esses três sentidos fundamentais: visão, audição e comunicação. Ao fazê-lo você estará blindado suas emoções e evitando desperdiçar energia com o que não vale a pena. É de pessoas emocionalmente equilibradas que o mundo precisa. Seja uma delas.

 

Fabiano Latham – Life Coach

Bem-estar Físico & Emocional

www.fabianolatham.com

 

Please reload

9 LIÇÕES DE 
MOTIVAÇÃO

EU QUERO! 

Posts recentes
Please reload

Inscreva-se na LISTA VIP