9 LIÇÕES DE 
MOTIVAÇÃO

EU QUERO! 

Posts recentes
Inscreva-se na LISTA VIP

Você foge ou enfrenta a realidade?


Aceitar as coisas como são, na realidade nua e crua dos fatos, não é nada fácil. Aspiramos um mundo vendido pelo marketing, mas vivemos no mundo real, cheio de problemas e demandas que, às vezes, exaurem nossas forças físicas e mentais. Por causa da dureza dos acontecimentos, é comum criarmos uma realidade paralela, onde a ilusão nos ajuda a aliviar o sofrimento e a sensação de impotência diante do turbilhão de coisas que não conseguimos lidar.


Fugir da dor, evitar o conflito e encontrar válvulas de escape para a avalanche de acontecimentos que assolam nosso dia-a-dia pode sim, em certa medida, ser saudável para o equilíbrio mental. Afinal, somos humanos e nossa humanidade é mais frágil do que se imagina. O problema é quando erramos a mão e passamos a negar a existência dos reais desafios a que somos submetidos a todo momento.


A constante fuga da realidade só posterga as contas que temos a acertar com a gente mesmo e nos distancia da possibilidade de evolução pessoal. Varrer a sujeira para debaixo do tapete ou esconder os fios emaranhados dentro das gavetas podem ser soluções paliativas para apaziguar os ânimos e deixar nossa imagem bonita na foto. Mas no fundo, bem nos recônditos da consciência, sabemos que ao agir assim os problemas só aumentam e passam a tomar conta das entrelinhas do nosso comportamento.

Criar “as próprias verdades” e repetir incansavelmente narrativas que corroborem somente nossa percepção de mundo são as grandes armadilhas criadas pelo ego para nos eximir da responsabilidade de arcar com as consequências de nossas escolhas.


Vivemos um momento delicado nas relações, em que “salvar a própria pele” a qualquer custo parece ser regra para sobrevivência na selva de incertezas cada vez maiores. E é justamente nessa empreitada que vamos atropelando a nós, aos outros e aos sentimentos que precisam ser vividos e não mais negligenciados.


Passou da hora de começar a fazer a lição de casa. A vida acontece, não para. O tempo urge, não espera. Chega de se iludir, de adiar o inevitável. Vai doer? Com certeza. E muito. Mas vale a pena ser real, leve, simples ou o que tiver de ser. Que sigamos em frente em busca de um mundo com menos artificialidade e ilusão. É hora de mais essência e originalidade.



Fabiano Latham, autor dos livros “Enfrente – 25 Reflexões para Ressignificar sua Jornada” e "Agora Vai - 5 Estratégias para Revolucionar sua Vida & Carreira"


www.youtube.com/fabianolathamescritor